Festa dos 340 Anos do Mosteiro

340not
Festa dos 340 Anos
março 13, 2018
notconcep
Capítulo Eletivo
março 21, 2018

Festa dos 340 Anos do Mosteiro

notconv

Festa dos 340 Anos do Mosteiro Concepcionista no Rio de Janeiro

Por Irmã Maria Auxiliadora do Preciosíssimo Sangue,OIC.
A comemoração dos 340 anos de fundação do Mosteiro da Ajuda é uma efeméride significativa. Não é fácil uma Instituição perdurar tanto tempo. Certamente é um ocasião de redermos graças ao Senhor por tantos benefícios, levando em consideração as vicissitudes dos tempos. As nossas celebrações Litúrgicas sempre foram bem participadas pelos fiéis do Bairro de Vila Isabel, onde está localizado o mosteiro. Aproveito para esclarecer: A nossa Igreja no Mosteiro, não é uma capela da paróquia, mas uma Igreja conventual que tem sua autonomia.
Para a celebração dos 340 anos convidamos o Excelentíssimo Senhor Cardeal (Dom Orani) para presidir a Eucaristia no dia 29 de julho, domingo seguinte da data comemorativa. Vamos convidar o guardião do convento de Santo Antônio para celebrar no dia 26 de julho que é a data exata, pois foi o guardião do convento de Santo Antônio, Frei Cristovão da Madre de Deus o inspirador da fundação do Mosteiro naqueles idos de 1678.
conv1
O Mosteiro de Nossa Senhora da Conceição da Ajuda, é um dos mosteiros da Ordem da Imaculada Conceição, ordem fundada por Santa Beatriz da Silva em 1489, na Espanha, mais conhecido como Convento da Ajuda, foi inaugurado no dia 30 de março de 1750. O casarão ficava na Rua da Ajuda, uma das mais importantes do Rio antigo, onde hoje é a Cinelândia. Depois de muitos anos, o local se tornou impróprio para a clausura e o convento cedeu às exigências urbanísticas da cidade. No dia 19 de outubro de 1911, as religiosas deixaram o convento e, alguns dias depois, a construção foi demolida para dar lugar à instalação de um luxuoso hotel que nunca existiu. Mais tarde, vários prédios foram construídos no local. O primeiro deles foi o Cinema Odeon, inaugurado no dia 1o de junho de 1928. A foto mostra o Convento da Ajuda em maio de 1907.
notconv
No local onde existia, desde o início do séc. XVI, a ermida de Nossa Senhora da Ajuda, foi construído o Convento. A pedra fundamental foi lançada em 1745, mas o convento só começou a funcionar em maio de 1750, com doze postulantes na clausura, a viver sob a Regra das Concepcionistas Franciscanas com as Constituições do Mosteiro da Luz, de Lisboa, adaptadas ao nosso país. O chafariz, conhecido como das Saracuras, é obra de Mestre Valentim, foi inaugurado em 1795 no pátio interno do convento, e desde 1917, encontra-se na Praça Gen. Osório, em Ipanema. A foto abaixo mostra o chafariz onde as freiras lavavam suas roupas.
O mosteiro ficava localizado no início do caminho dos arcos, hoje Rua Evaristo da Veiga, onde permaneceu até 1911. Atualmente, o convento está na Rua Barão de São Francisco, 385, em Vila Isabel.
A vida do convento começou com monjas de Santa Clara, vindas do Mosteiro do Desterro, na Bahia, e que permaneceram até cerca de 1766. O corpo de D. Maria I, mãe de D.João, foi enterrado no interior do convento, onde permaneceu até ser transladado para Lisboa. Também lá esteve o corpo de D. Leopoldina, primeira esposa de D. Pedro I, até a demolição, quando passou para o Convento de Santo Antonio (no Largo da Carioca) onde permaneceu até 1954, quando foi transladado para o Museu do Ipiranga, em São Paulo.
Em 19 de maio de 1855, o governo imperial baixou a Lei Nabuco, que proibia as admissões nas ordens religiosas. O convento permaneceu com apenas 4 freiras, além da madre-superiora que pediu várias vezes intervenção da Princesa Isabel, de forma a permitir a admissão de postulantes, nada conseguindo. O noviciado só foi reaberto com a República, já no ano de 1891.
conv3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *