O Silêncio

O SILÊNCIO

Desde toda a eternidade Deus era silencio. Mas no seio desse silêncio estava a gestação a comunicação mais entranhada e profunda.


A Ordem da Imaculada Conceição contém no seu mais íntimo uma opção de silencio que facilita a oração a ordem, a paz e a unidade da pessoa para o encontro com Deus.


Santa Beatriz desposou-se com Cristo Redentor e não desejando ser vista por ninguém, senão pelo seu Esposo Senhor Jesus Cristo, procurou a solidão, feita em Cristo com Maria hóstia viva para a salvação do mundo.


A nossa vivência do silencio é mais que um retiro espacial: é uma atitude interior que nos acerca ao mistério de Deus, deixando-nos educar num silencio adorante, porque no cume da experiência de Deus está a sua absoluta transcendência. Este silencio adorante faz parte da espiritualidade monástica.


Não há diálogo mais comunicativo do que aquele que não tem palavras ou em que as palavras foram deslocadas pelo silencio.


A vida cresce silenciosamente no escuro seio da terra, e no silencioso seio da Mãe. A Primavera é uma imensa explosão; mas uma explosão silenciosa.


Formar-se para a contemplação «com pureza de coração» é exercitar-se na oração gratuita, que não pede nada, que se goza em que «Deus é Deus».

Federação da Imaculada Conceição