ima2
Sétimo dia
outubro 4, 2016
ima7
Nono dia
outubro 4, 2016

Oitavo dia

ima7

A Virgem Maria, Mãe e Medianeira

ima2

Oração inicial:
Senhor Deus nosso, que por misterioso desígnio de vossa providência, nos destes o Autor da graça por meio da Virgem Maria e a associou a obra da Redenção humana, concedei-nos que ela nos alcance a abundância da graça e nos leve ao porto da salvação eterna. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Reflexão:
Maria se põe entre seu Filho e os homens na realidade de suas privações, indigências e sofrimentos. É uma intermediária, ou seja, faz-se de mediadora, não como uma pessoa estranha, senão em seu papel de Mãe, consciente de que como tal pode – mais exatamente, tem o direito de – fazer presentes ao Filho as necessidades dos homens. Sua mediação, portanto, tem um caráter de intercessão: Maria intercede pelos homens. E não só isso: como Mãe deseja também que se manifeste o poder messiânico do Filho, isto é, seu poder de salvação encaminhando para socorrer a desventura humana, a libertar o homem do mal que sob diversas formas e medidas pesa sobre sua vida. Precisamente havia predito do Messias o profeta Isaías no conhecido texto que Jesus referiu ante seus concidadãos de Nazaré: para anunciar aos pobres a Boa Nova, para proclamar a libertação dos cativos e a vista aos cegos… (Cf. Lc 4,18). Outro elemento essencial desta função materna de Maria encontra-se nas palavras que ela dirige aos criados nas bodas de Caná: Fazei tudo o que Ele vos disser. A Mãe de Cristo se apresenta aos homens como porta voz da vontade do Filho, indicadora daquelas exigências que devem se cumprir para que possa se manifestar o poder salvador do Messias. Podemos dizer que, nesta página do Evangelho de João, encontramos como um primeiro indício da verdade sobre a solicitude materna de Maria.

Oração Final:
Humildemente vos pedimos, Senhor, que pela intercessão da Santíssima virgem Maria, vivamos cada vez mais unidos a Cristo Mediador e cooperemos com maior fidelidade com a obra da redenção. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Ramalhete:
Alegra-te, Santa Maria, fonte de amor, cumulada com abundância de todas as graças, que levaste em teu seio virginal ao Deus e Homem verdadeiro.

Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós.

Abaixo aúdio:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *